inicio »    Notícias »    Polícia »    Acusado de estupro é morto linchado

24/12/2011 16h22 - Atualizado em 25/12/2011 13h53
redacao@folhamaranhao.com

Acusado de estupro é morto linchado

Caso foi na cidade de Senador La Rocque-MA


Com informações de O Progresso
Imprimir

Ainda sem identificação, encontra-se no Instituto Médico Legal (IML) de Imperatriz o corpo de um homem negro, cheio de tatuagens, sendo uma delas de uma criança, localizada no braço direito.

O desconhecido foi vítima de linchamento depois de ter estuprado uma menina de 9 anos, que é deficiente. O caso ocorreu na última quarta-feira, no povoado "Lagoa Seca", localizado na zona rural do município de Senador La Rocque, a 40 km de Imperatriz. O fato somente ontem foi divulgado pela Polícia.

O homem aproveitou a ausência do patrão, proprietário de uma pequena propriedade próxima a "Lagoa Seca", e violentou sexualmente a criança.

Quando alguns populares ficaram sabendo do caso, revoltaram-se. O desconhecido foi perseguido e morto a golpes de faca, tiros e pauladas. Ele foi encontrado morto de cócoras.

Fugitivo - Informações passadas à polícia dão conta de que esse elemento seria fugitivo da cidade de Grajaú, onde teria praticado vários crimes, como homicídio, estupro, roubos e vivia aterrorizando moradores daquela cidade.

Ele teria fugido de Grajaú e vindo para a região de Senador La Rocque, onde passou a trabalhar na fazenda citada. Segundo informações, o desconhecido estava trabalhando no local havia cerca de 60 dias. Os proprietários da fazenda teriam ficado compadecidos dele e lhe deram emprego, na função de roceiro.

O corpo do desconhecido está no IML, já que até o momento não apareceu ninguém para reclamá-lo. Caso isso não ocorra nos próximos 30 dias, será sepultado como indigente, com determinação da Justiça.

 

» Leia mais notícias sobre:

estrupro, linchamento, morte, senador la roque

» Curta nossa página no facebook!

» Siga o @folhamaranhao no twitter!


comentários »



álbuns »

vídeos »